CHEGUEI AO BLOG !!

NÃO TEVE JEITO...
TIVE QUE ME RENDER A ESTA FANTÁSTICA FERRAMENTA DE COMUNICAÇÃO.











VAMOS VER NO QUE VAI DAR, ESTAREMOS

ESCREVENDO COM MUITA RESPONSABILIDADE, ANALISANDO OS FATOS E DANDO SUGESTÕES.


GRATO POR ACESSAR possoopinarvidal.blogspot.com





Posso opinar...???

Posso opinar...???

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

APOSTAR OU POUPAR, ECONOMIZAR OU GASTAR ????

E a nossa vida , e a nossa economia , e o nosso amanhã ??? Um mercado afoito e esperando um grande incremento chamado décimo terceiro, uma das últimas esperanças de 2016, para ver se aguentamos chegar a 2017. E para 2017 , o que esperamos ??? Não podemos perder as esperanças e deixar de desejar um 2017 com muita paz e prosperidade, mas , como já dizia Jorge Ben Jor Prudência e dinheiro no bolso. Canja de galinha. Não faz mal a ninguém... E é assim que devemos começar 2017 , prudentes e com alguma reserva , pois não temos a mínima noção do pacote GLOBAL que vem por aí. São inúmeros fatores que nos aguardam , é presidente do EUA, são os commodities que não reagem , crise política , crise ética , desempregos e por ai a fora. E o que temos que esperar para o amanhã ?? E Donald Trump, ele vai influenciar ??? Se vai não sabemos , mas que pode sim . Imaginem se as medidas que ele venha tomar afim de estimular o crescimento americano aconteçam , com certeza serão agressivas, e devem elevar o nível de inflação americano , indo junto com esta inflação as altas das taxas de juros americanas ,e isto torna convidativo a imigração de investidores, que com certeza irão preferir um mercado muito mais seguro para aportarem seus valiosos dólares. E a reação brasileira será através do Banco Central ,que não diminuiria as taxas de juros , pois isto seria o passaporte para esta migração, uma vez que deixaríamos tanto de sermos taxas lucrativas como também seríamos um país menos seguro para o investidor. Quanto aos commodities , ficamos aqui com o pires na mão, esperando uma alta do barril de petróleo , pois somente assim tornaríamos o pré sal atrativo para novos investimentos, quanto à isto voltaríamos a ter o conjunto de entrada de valores externos e aumento da empregabilidade , fator que hoje nos assombra e curso contrário chegando a quase 12 milhões de desempregados . Para termos uma ideia , o comércio sinaliza um final de ano com queda de 6% com relação ao ano anterior, fora a correção , juntamente com isto as empresas produziram menos, menos gente trabalhando , é o tal efeito cascata. Junte a tudo isto um pacote de desempregados que viram com as novas administrações municipais, que com o aperto exigidos, serão obrigados a reduzir suas folhas, e tentarem colocar em dias seus pagamentos e tentarem cumprir a lei de responsabilidade fiscal. E o que fazer numa hora destas , deixar de comprar, parar de comer ??? Sei lá , mas uma coisa é certa , tá na hora de sermos mais comedidos , e usar a regra básica seja como consumidor ou assalariados ,o de nunca comprometer mais do que 70% do seu salário , baseado no seu orçamento doméstico , ou pelo lado empresarial , sendo cauteloso nos seus custos, pensando bem sobre novos investimentos, e somente se necessários ou sinalizarem realmente em um aumento de lucratividade e que compense a médio prazo você venha a p realizar . Não é hora de frear o consumo , e sim de o fazer de forma segura e responsável, pois é preciso dar continuidade a vida, e junto a ela do ciclo econômico . É hora de amadurecimento , e este será o grande legado que esta crise deixará, nosso povo aprenderá na dor a ser mais comedido , a ser mais planejador e organizado, saberá que todo desperdício antes vivido terá que ser agora reaproveitado , e acima de tudo aprenderá que a corrupção não será mais tolerada. Bem é isto, desta forma Prudência e dinheiro no bolso. Canja de galinha. Não faz mal a ninguém... Abraços Vidal

terça-feira, 20 de setembro de 2016

E amanhà ????

Adenilson Vidal
E agora José ... Manoel, Antônio, Maria e outros milhões de brasileiros ? Uma duvida paira no ar, como será o amanhã ? É assim que nós brasileiros estamos vivendo por um bom tempo, imaginando o amanhã, ou melhor, seria bom se, planejando o amanha. É desta forma que precisaremos agir , isto é se quisermos realmente ter uma amanhã melhor do que hoje, fazendo sempre o planejamento, e isto em todos segmentos da vida, seja no corre corre do seu cotidiano do seu lar, na vida profissional e sabiamente no desenvolvimento diário da sua empresa. O bom empresário não será aquele que ache, será aquele que tem certeza, não será que esteja também achando que está gastando desnecessariamente, e sim aquele que invista com segurança , que saiba de onde virão os recursos, se os riscos são viáveis , se a sustentação destes recursos existem , ou seja, aquele que planejem passo a passo seus projetos e até mesmo seus custos. Estamos entrando em uma nova era, onde a palavra VIDA não começara mas com a letra V e sim com a letra P de planejamento, e esta será a palavra de ordem , planejar. Na abertura de um novo negócio , será necessário que estejamos percebendo a logística do local, que vão desde de espaços para entrada de grandes carretas, a uma área de recebimento e estocagem . Será preciso perceber as condições de escoamento de detritos e saneamentos, será importante se antecipar , planejar e verificar com a concessionária de energia se existe carga suficiente assim como adequação aos padrões técnicos exigidos para abastecer com energia o empreendimento , ou alguém, tem dúvida que isto não seja um planejamento ? Pois então, se planejar isto é importante imaginem saber se teremos retornos deste investimento??? É por isto que precisamos estar focados na forma de gerir os negócios, de entendermos um pouco de cada coisa, não é ser coringa , mas principalmente saber quais são as necessidades técnicas e administrativas do seu negócio. Nesta nova etapa da economia brasileira, entender que o mercado sofrerá profundas mudanças, tanto de exigências de fisco e padronizações, como de costumes e hábitos ,os quais as mudanças serão sugeridas por necessidades econômicas , mudanças onde o brasileiro estará fazendo as contas de quanto gastar e onde gasta, não que as vendas por impulso irão acabar , mas com certeza irão reduzir significativamente , as buscas por promoções já são o xodó das donas de casas, que atentas aos encartes e ofertas sinalizam a saída do lar a busca por estes itens. Para vender será preciso realmente que a isca seja verdadeira , com promoções daquilo que precisamos no cotidiano, daquilo que motivará a saída do lar para a realização da compra. E ai que precisamos entender, como fazer isto e preservar aquilo que mais lutamos , as margens ? Planejando antecipadamente o que iremos fazer , chamando as empresas para que elas estejam junto com você participando da ação , estocando de acordo com as disponibilidades financeiras ou até mesmo percebendo algum produto com giro abaixo do esperado nos seus estoques, de qualquer forma nada será mais viável , se não for planejado. Quantas vezes você viu uma empresa fazendo o calendário de feriados ou datas festivas e repassando para cada responsável de setor, para que este faça o devido planejamento do quadro de funcionários necessários para o período, ou para o setor de compras planejar a necessidade de produtos??? Pois é imaginem que muitas compras possam ser negociadas antecipadamente , imaginem também que o funcionário também tem vida fora das paredes do empreendimentos e que se este estiver bem em casa , estará e melhor ainda no trabalho. Muitos comparadores não sabem quando alguns produtos entram na safra e pior nem imaginam a entressafra , como comprar se não houver um planejamento destes períodos ? É formulando um novo comportamento da empresa e sendo visionário , implantando uma nova postura de programações , agindo com seu quadro funcional de forma profissional , onde as reuniões sejam pautadas e adotados posturas de organogramas , cronogramas e metas, mas que esta postura principalmente deva começar com você , e para isto nada melhor que começar dentro de casa ou na sua vida pessoal , por isto que tal começando numa das suas viagens . Então comece se perguntando: Quantos dias ficarei fora ??? Se forem três dias , então levarei três camisas, três calças e três cuecas , certo ??? Errado , um bom planejador levará quatro , pois vai que no meio do caminho você sinta uma dor de barriga !!! Bom planejamento e sucesso !!!!

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

BRASIL desce, sobre, cresce , diminui...

Adenilson Vidal
Assim é como acho, agora me limito a dizer que esta é minha humilde opinião. O impeachment de Dilma criou uma pseudo sensação de melhora das expectativas da economia brasileira, agora falta as atitudes ou seja as medidas reais, como reformas tributárias e previdência, isto com relevante significância , fora outras que visem equilibrar as contas públicas . Mas quem teria coragem de tamanha “CRUELDADE” antes do quadro eletivo de outubro ???? Desta forma empurramos uma estabilização, ou até mesmo um crescimento para no mínimo 2ª semestre de 2017. Se a economia nacional desdenha para índices consideráveis de encolhimento de 7% do biênio 2015/2016 e se pensávamos crescer 1% , ainda sim teríamos 6% necessários para ao menos chegarmos aos índices de 2014. Desemprego crescendo , indicador que em demonstrativo é o último a piorar , mas em compensação também é o último a se recuperar , o que significa que para acabar e retornar a contratação a economia deva estar 100% recuperada. Com tudo isto o poder aquisitivo das famílias brasileiras sofrem drásticas quedas, é uma ciranda, sem salários menos dinheiro circulando, menos vendas , menos compras e assim vai. Para se ter uma ideia o valor ou índice de avaliação dos valores das massas salariais mostra uma queda de quase 3,5|% com relação a um ano atrás, isto é quando já havia queda desta mesma avaliação. Acrescenta a isto tudo o setor privado, onde estados atrasam pagamentos de servidores e pensionistas , fazendo a bola de neve aumentar... BUMMMMM ... esta ai um grande problema, que como efeito dominó deverá em breve chegar onde ainda nem imaginamos . Sejam cautelosos nas suas contas , planejem seus próximos anos, meses , dias e quem sabe até mesmo as próximas horas, pois como disse esta é minha humilde opinião, não retrata uma realidade , mas é o que percebo, pois acho que neste momento chegamos bem no meio do olho do furacão .

segunda-feira, 25 de julho de 2016

E O FUTURO A QUEM PERTENCE ...???? TALVEZ A MIM , A VOCÊ OU MELHOR TODOS NÓS !!!

O FUTURO A DEUS PERTENCE ...
Será mesmo que somente Deus define o futuro ??? Bem acredito que sabedoria e discernimento são fundamentais para que isto aconteça , ainda mais na administração pública. Muitos dizem que o país já respira melhor , que a criose começa a passar. Sei lá , tô vendo muita propaganda , e até certos momentos de euforia , mas ainda sim acho que seja mais uma vontade do quê realidade. De certo mesmo é que estamos ainda muito mais para um atoleiro até o pescoço , diferente do jardim prometido. Um novo ponto de vista e estilo deverá ser aplicado quanto ao futuro administrativo de Angra dos Reis , teremos pela frente quase dois meses de salários atrasados (servidores) e provavelmente dificuldades de pagar o décimo terceiro , fora um novo aperto nas contas do governo, que conseguiu uma esmola do governo federal para apagar os incêndios causados pelas olimpíadas no Rio . Setores importantes para a cidade como a retomada das construções de Angra 3 , estão emperradas, e pelo que vemos existem prioridades federais, o que pode atrasar ainda mais o cronograma das obras. Brasfels continua a sofrer as consequências da operação lava jato e provavelmente irá readequar ainda mais seus quadros , ou seja , infelizmente podem ocorrer novas demissões . O município que precisa do setor privado para sair da crise , está na contramão e tendo ainda mais do que nunca ter que participar do dia a dia das pessoas, um exemplo são as próprias demissões do estaleiro, imaginem que neste período mais de 1.000 (mil) famílias deixaram de ter direito ao atendimento médico dos planos de saúde conveniados do estaleiros e caíram no colo do município , sobrecarregando ainda mais o setor que já está sufocado. Daí entra também o legislativo que deve rever imediatamente as contar partidas de isenções do estaleiros ao fisco municipal. O crescimento de desempregados faz com a economia informal cresça , setor que na ausência da legalidade aparece como fonte de rendimentos , mas também traz nas costas a ausência de tributos (encargos). Uma solução para isto seria a desburocratização de órgãos municipais para que houvesse uma maior adesão aos que não fazem nenhum tipo de contribuição para o sistema oficial de tributos municipais e previdência , uma vez que a maioria são serviços ou comércio. O intuito agora é provocar uma base composta por pessoas que possam discutir um novo propósito para a economia local, recuperação fiscal, tributária, reavaliação de prioridades a serem executadas , readequação dos quadros do funcionalismo e medidas emergenciais de economia. Por fim o resumo é que estaremos uma nova era, onde fiscalizar a presença e o cumprimento das funções dos servidores será fundamental, assim como a busca por novos atrativos que motivem a economia local e incentivos que tragam novos investidores , para isto será necessário saber fazer a curva, pois a pista além de cheia de competidores (municípios) que também buscam estas oportunidades , será longa e sinuosa. Desta forma revejam suas decisões eleitorais , pesquise seu candidato , pergunte a ele quais são os caminhos que seguirá e como irá percorrer. Analise os projetos e veja se as soluções são realizáveis, pois de tapinhas nas costas e de candidatos que troquem apoios políticos por cargos , estamos cheios . Abraços a todos. Adenilson Vidal

quinta-feira, 12 de maio de 2016

MUDANÇA DE GOVERNO... SERÁ QUE MUDA MESMO !?!?!?!

Um cenário complicado, mas com otimistas de plantão:
Um cenário complicado, mas com otimistas de plantão: ao varejo O Brasil ressurge com uma nova expectativa , acordamos como se fosse um dia comum , mas não imaginamos a guinada que nos espera. Teremos a frente não somente uma mudança de nomes , teremos mudanças de pensamentos, de estrategias , mudanças de comportamento, ou seja serão outras personalidades no comando desta máquina chamada Brasil . O mercado vive uma expectativa de novas possibilidades , uma euforia de mudanças uma guinada, só esquece que o cenário não se modificará em 24 horas. Não existirá transição de governo , a bicicleta mudará de ciclista andando, não se sabe o montante comprometido, não se tem noção das concessões, dos compromissos a serem pagos ou do passivo a ser assumido. Apesar de nomes experientes como o do ministro da Fazenda Henrique Meirelles é preciso entender que nada se conquista ou acontece sem que haja sacrifícios , a começar pelos cortes públicos, vejam bem cortes "PÚBLICOS", a navalha começará por nós, pois é notório e de conhecimento de todos o comprometimento orçamentário do governo com as dividas públicas e as com as cintas internas. Outro ponto complicador ,é começar um governo com uma desaceleração da economia .Para se ter ideia o setor de consumo direto , ou seja onde o dinheiro é gasto diretamente, onde o consumidor é obrigado a pagar no momento da compra , teve resultado despencando 2,9%, segundo dados da Pesquisa Mensal de Comércio divulgada este mês, no primeiro trimestre do ano, a queda foi de 2,8%, em relação ao mesmo período de 2016, estamos falando do setor supermercadistas. Já as vendas do comércio varejista num todo amargaram queda de 7% no primeiro trimestre deste ano em relação a igual período do ano passado, e esta queda no varejo reflete na industria diretamente, uma ciranda. É preciso ainda cautela, e a organização interna será fundamental para que as empresas consigam se manter neste período de restruturação do país.Aliás, este cenário deixa uma coisa de positivo, o aprendizado do brasileiro em se organizar e se estruturar, seja como pessoa física ou jurídica, e isto trará no futuro uma condição de um país mais preparado. Esperança é a palavra que mais se houve, e é nela que teremos estar realmente motivados, preparando o terreno para o arrocho , e ao mesmo tempo se adequando sem perder a "ternura" , pois é importante saber que qualidade, produtividade serão aspectos fundamentais para se manterem , e saberem que o brasileiro é entendedor que nem sempre o mais barato é o melhor, e que nem sempre o mais caro é o que se pode ter. Sendo assim o brasileiro entende , que o justo é o que desejamos. Abraços Adenilson Vidal Diretor UNIRJ/Unidos

terça-feira, 1 de março de 2016

A ESPERANÇA E O FUTURO !!!

Ando tão desesperançoso com Angra dos Reis. Temos um monte de interesseiros, pilantras Gente egoísta que pouco se importa com vc , comigo com nossos familiares ou amigos. Não vejo expectativas de uma cidade melhor, quem vier se não tiver coragem para impor novas regras será de novo um simples colaborador de si próprio ficando ainda mais rico. Daqui pra frente teremos dias difíceis com mais miséria, mais violência, mais desempregos, e para piorar um país com os cofres vazios. O estado como um todo está mais do que falido e pior sem moral e sem créditos, ficando assim com o pires nas mãos, pois quais as garantias para novos aportes financeiros ??? A cidade não tem um plano B e assim que (infelizmente )o Brasfels estiver no olho do furacão veremos uma Angra igual a década de 90, uma dura realidade. A saúde enfrenta um novo momento complicado , onde médicos irão priorizar ainda mais os atendimentos particulares, afinal serão mais lucrativos. Segurança são escândalos atrás de escândalos, inclusive tivemos os assaltos aos caixas eletrônicos em uma área dominada por uma facção criminosa , a mesma que efetuou invasão do bairro Belém. Aliás muito estranha esta invasão, foram quase duas horas de intenso tiroteio e nenhuma viatura apareceu, e diversos moradores ligaram para PM e não foram atendidos. Jovens cada dia mais alienados, e pouco se importam com isto, já sugeri a criação da ronda escolar, não somente para repreender, mas ajudar na educação com palestras nas escolas. Quanto a arrecadação, se não buscarmos dinheiro de fora estamos fritos, pois as fontes dos estados estão secando, principalmente com as quedas de arrecadações dos royalties. Dai a necessidade de focarmos de vez o turismo. E olhem que obrigatoriamente o dever de casa já deveria estar sendo feito, pois quem ainda não sabe que a queda do consumo interno de derivados de petróleo irão cair vitimados pela crise econômica ??? Mas de qualquer forma, o futuro irá depender muito mais de vc , de mim e do povo ,se queremos alguém com o mínimo de conhecimentos e propriedades para governar Angra, ou se continuaremos a catar coquinhos ???

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

E a tal da crise ...

E tem gente que ainda pergunta : O que tem haver a queda do preço do barril de petróleo com a arrecadação do município ??? Para se ter uma ideia da perda de receita com royalties e como contribuiu para o agravamento da crise financeiras de estados e municípios, temos o exemplo: Somente o estado do Rio de Janeiro deixou de ver entrar em seu caixa em 2015 uma quantia de cerca de R$ 900 milhões, acumulando uma arrecadação de R$ 2,3 bilhões em royalties no ano passado ante R$ 3,213 bilhões em 2014. Um terço da riqueza fluminense vem daí. Nenhum outro estado do Brasil produz tanto petróleo quanto o Rio. Quase 70% (68,4%) de toda a produção nacional saem daqui. Esta a óleo-dependência , e é justamente o que acontece com o nosso município , já que economicamente aos cofres públicos alguns empreendimentos pouco contribuem exemplo é o Brasfels que hoje é isento do ISS, valor que com certeza contribuiria firmemente para o município. Mas o que realmente fará a diferença (volto a repetir) é trazer a discussão o realinhamento de nossa matriz econômica , e para isto é entender as várias vocações e oportunidades que temos a disposição: _A principal que o turismo, o qual precisa de uma remodelada e adaptação , principalmente direcionando para o turismo de base local . _A pesca e fabrico do pescado (processamento) _Confecções náuticas (moda e equipamentos) _Convenções (Urgente a construção de um centro de convenções com a iniciativa de PPP ) _E a reciclagem , aproveitando o momento ecológico mundial . É entender que o momento carece de fatores que interliguem a administração pública as oportunidades mercadológicas e industriais , o que traria a oportunidade de uma respirada no contexto da crise, mas para isto amigos é preciso planejamento e capacidade, o que ainda está longe dos propósitos de muitos que se dizem aptos ao governo. Abraços e junto uma dica , não precisamos de políticos nas próximas gerações de governantes , precisamos de pessoas preparadas para uma administração vitoriosa !!!!

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

TEMER OU NÃO TEMER ?!?!?! EIS A QUESTÃO ...

É PARA TER MEDO SIM... Produção agrícola comprometida , feijão com quebra de produção de 15% por conta das chuvas, arroz no mesmo caminho , o que já eleva o fardo do feijão a r$ 115,00 e arroz na casa dos r$ 60,00 o custo. A produção de soja já referencia pelo menos com uma produção 10% menor por contas das chuvas no Centro Oeste. Beiramos um problema grave no mercado varejista, altas de preços e escassez de produtos. Produção de açúcar e álcool comprometidos , preços dos combustíveis subindo , alta do dólar elevando os insumos de produção dos produtos de higiene e limpeza , o que já é percebível nas prateleiras dos supermercados. A CRISE SERÁ MUITO DIFÍCIL , É PRECISO QUE TODOS EQUALIZEM SUAS DIVIDAS , EVITEM CRÉDITOS LONGOS E DESNECESSÁRIOS , FUJAM DOS SUPÉRFLUOS E PLANEJEM PELO MENOS OS PRÓXIMOS SEIS MESES. O setor público sofrerá um baque muito grande e os atrasos nos salários serão uma constante , o que poderá ser uma condição ainda pior para o setor, uma vez que a representatividade do setor é quase 13% do PIB e considerado estabilizado. É isto ai, tem que ser prevenido , planejado e principalmente consciente do que enfrentaremos. Caberá a cada cidadão fazer seu dever de casa e saber que muito pouco será feito pelo governo , pois o mesmo estará ai com pires na mão , buscando todo centavo disponível e principalmente o meu o seu , aumentando ainda mais a carga tributária. Seja forte para os próximos meses e vamos a luta.

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Temos muito a fazer, temos muito que aprender .

Hoje acompanhei a entrevista de uma prefeita , e fiquei triste com parte das respostas, não que fossem o que elas não fossem o que não responder. mas foram muito foram cúmplices e com um tom de quem ouviu e não de quem foi ver e comprovar. E me desculpe, se posso estar sendo um pouco direto , mas foi justamente ai que pecaram, no quesito acompanhar de perto , o famoso teste "ver para crer", e é assim que tem que ser. Faltou reuniões de planejamento , de acompanhamento e principalmente de metas com cobranças ao seu secretariado. Não podemos em pleno século XXI deixar de lado uma gestão administradora, onde a figura do prefeito seja de um verdadeiro diretor , gerente de cidade, que exerça a liderança com a postura gerencial . Era preciso que antes a tudo houvesse um planejamento simples onde cada projeto , cada ação fosse coordenada com custo ,cronograma, execução, acompanhamento e auditoria tanto do material como da presença física dos profissionais . É claro que imprevistos poderiam acontecer , mas para tudo isto um molde de ajuste aconteceria e com acerto do cronograma. Desde da transição de poderes já sabiam do deficit orçamentário e no decorrer do mandato já se posicionava sobre a queda das receitas, tudo era previsto, falhou em deixar a situação chegar ao mais crítico nível inclusive com o atraso dos pagamentos dos funcionários. Mas outras falhas ocorreram , e a principal foi onerar os cofres em quase R$ 120 milhões ano , ao tentar reverter a situação abrindo o hospital da Japuiba, não que a tentativa fosse errada , mas o erro foi em não buscar tornar o HGJ em hospital de referência para os quatro municípios que hoje fazem parte do plano de emergência,e ai foi a falha foi dela e também dos outros dois gestores anteriores. O HGJ era a contrapartida obrigatória da ELETRONUCLEAR para atender Angra, Paraty , Rio Claro e Mangaratiba. Afinal o que temos de saúde para atender estas áreas em caso de um acidente nuclear ???? Era a hora sim de junto co os outros três prefeitos lutarmos para trazer a FEAM para cá , era a hora de termos um atendimento de referência de qualidade e ainda termos uma área de atendimento a emergências nucleares de stand by. Isto sem falar que até hoje não temos um controle de presença nas unidades de saúde, nem dos médicos , nem dos funcionários, já era para ter o controle de ponto, já era para ter o relógio de ponto biométrico , talvez não acabasse com as faltas , mas com certeza amenizaria e bastante. Outro erro é achar que a PETROBRAS não deva nada a Angra, pelo contrário deve e muito , principalmente com relação a responsabilidade com o meio ambiente, são quase 12 KM de tubos de grande diâmetro passando por baixo da nossa baía. Imaginem um acidente, a tragédia que teríamos em termos ambientais ? Desta forma além de termos a cobrança com resultados mensais sobre a qualidade desta tubulação deveria vir de uma contrapartida, e porque não com o fornecimento de saúde para a região de Monsuaba, Caputera e Jacuecanga ??? Seria uma forma de contrapartida ou não ??? E o Brasfels ??? Alguém sabe o quanto o Brasfels polui o meio ambiente ?? São tintas , resíduos de ferro , ácidos e outros detritos que não tem um destino certo , ou alguém sabe de algum deposito para estes resíduos ou outras formas de tratamento ? Quanto vale esta contrapartida além de uma cobrança correta para tal situação? E as Marinas , como estão ecologicamente , águas das lavagens dos barcos, óleos trocados, peças retiras, produtos químicos para limpeza ??? Tanto para angariarmos com PPP's, mas onde temos m projeto , um programa direcionado a isto ??? Mas tem mais falhas , a educação, está sim passa por professores esforçados mas mal assessorados , com uma estrutura deficitária , escolas antigas e muitas das vezes ameaçadas por traficantes, era a hora de buscarmos uma melhora, sei que escolas estão sendo reformadas e ampliadas, mas ainda sim falta o principal, que é motivar o aluno a estar na escola, atividades esportivas e culturais devem ser agregadas, e até mesmo o acompanhamento psicológico para alguns,são pequenos acertos , mas que fazem grande diferenças. Tudo isto sem pestanejar o que perdemos com relação ao turismo, imaginem quanto temos a ganhar, sem contar nas perdas dos eventos do calendários como a FITA que pode realmente se tornar um evento conjunto com a FLIP em Paraty , imaginem a região com um calendário cultural deste porte anunciado mundialmente. Na onda de termos uma crise não podemos estar presos aos condicionais de uma gestão emperrada, é preciso muita ação e criatividade, é ´preciso uma participação mais evidente e esclarecedora, é estar junto ao povo mostrando onde , como e porque, afinal é melhor ouvir da próprio gestor do que indagar porta vozes que sempre respondem com os famosos IREMOS VER, OU IREMOS CONSULTAR . O ano de 2016 vem com deficit já anunciado, os principais fatores do PIB brasileiro sofrem com a caída do mercado internacional, o nosso PIB tem quase 40% representado por um destes commodities, e não teremos um primeiro trimestre amigável, com certeza teremos mais uma queda das arrecadações dos royalties do petróleo, teremos uma queda do ICMS por conta da queda das vendas , os serviços serão os mais afetados do mercado atingindo em cheio o ISS , e aí , qual o movimento antecipando a isto ?? O estado do Rio tem a sorte de ter uma olimpíada na cidade capital , mas que bem mais rápido que imaginamos irá acabar, deixando um legado de quase 50 mil desempregados , o que ira gerar consequências, e que com certeza baterão também em nossas portas, mas um motivo de planejamento. É muita coisa para gerir, é muita coisa para levar adiante, e tem gente que acha fácil... Mas fácil mesmo é ser candidato , sem antes saber se esta ou não apto , fácil é colocar um monte de gente que se diz cabo eleitoral em cadeiras que necessitam de técnicos... Mas vamos lá, que venha 2016, e este duro ano que vem por ai seja de muita saúde e paz, pois pelo menos isto nós merecemos. Abraços Vidal

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Ano difícil ...

Vai ser um ano muito complicado para o Estado do Rio, com uma previsão de r$ 32 bilhões a serem arrecadados ,previsão esta 16% inferior ao previsto com o Imposto de Circulação de Mercadorias (ICMS) a qual é a principal fonte arrecadadora , é muito importante todos saberem que o estado tem um orçamento na casa de r$ 80 bilhões para 2016 , e esta queda pode afetar diretamente a áreas importantes que são saúde, segurança e educação, e é claro o atingindo diretamente a nós . O momento desfavorável com a arrecadação menor , mostra quanto o encaminhamento das próximas eleições requer cuidado, principalmente no que se condiz as propostas e formação dos quadros de secretariados . A gestão deverá ser extremamente técnica, e não esperem grandes investimentos no município , as propostas deverão ser principalmente em ter condições de manter em funcionamento as áreas vitais.Os investimentos caso existam devem surgir das parcerias públicas ou verbas federais destinadas. Abaixo uma demonstração do que já esta acontecendo em alguns setores do estado e seus problemas .----- -Saúde Médicos terceirizados e fornecedores Falta de pagamento -Saúde UPAs ex-24 horas Ou estão fechadas ou funcionam parcialmente: fecham à noite e só atendem casos -graves -Saúde Hospital da Mulher Fechado com tapumes -Saúde Instituto Estadual do Cérebro Fechado -Saúde Rio Imagem Funcionários paralisaram serviço por falta de pagamento -Segurança 40 UPPs prometidas Não saíram do papel até o momento -Transporte Bilhete Único Subsídio foi reduzido nas barcas e trens, e abolido no metrô -Cultura Biblioteca-parque Duas unidades quase fechadas. Prefeitura do Rio assumiu o custo. Todo este movimento de queda de arrecadação e de um investimento menor para 2016 mostra que acima de qualquer proposta , valerá aquela que vier realmente com um posicionamento gerencial muito firme, mostrando capacidade de pelo menos manter o básico para a população, além é claro de equacionar uma matemática que esteja incentivando o posicionamento da economia local, seja com comércio , novas industrias , pesca e principalmente com o turismo, este por agregar moedas fortes e dinheiro externo. Abraços Vidal

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

BRASFELS O SONHO AINDA NÃO ACABOU , MAS PODE ACABAR

DINGO BEL ... O PIOR DE TUDO É QUE O PROBLEMA DAS DEMISSÕES DO ESTALEIROS BRASFELS JÁ ERA MAIS DO QUE PREVISTO, TODOS JÁ SABIAM DOS PROBLEMAS FINANCEIROS ACENTUADOS PELA CRISE CAUSADA PELA S AÇÕES DE CORRUPÇÃO NA PETROBRÁS, INCLUSIVE ONDE A PRÓPRIA BRASFELS FOI ALVO DE INVESTIGAÇÕES. NISTO TUDO NENHUMA AÇÃO DE VERDADE FOI PROMOVIDA, FORAM MUITOS FÓRUNS , DISCUSSÕES MAS NENHUM PLANEJAMENTO FOI EFETIVAMENTE DESENVOLVIDO, NENHUMA SECRETARIA DO GOVERNO TANTO ESTADUAL OU MUNICIPAL SE MOBILIZOU PARA UM PROBLEMA JÁ PREVISTO E ENXERGADO A MESES, A ANOS ATRÁS . DEPUTADOS SE REUNIRAM , FIZERAM POSES PARA FOTOS , MAS AÇÃO, PROJETO NENHUM. AGORA COM CENTENAS DE DESEMPREGADOS COMEÇAM A APARECER OS COMUNICADOS DE PESARES. A VERDADE É QUE TODOS SABIAM , TODOS JÁ ESPERAVAM , TODOS ENTENDIAM QUE ISTO IRIA ACONTECER, E AGORA NUMA ESPECIE DE MOMENTO EMBLEMÁTICO TODO MUNDO QUER DIZER QUE FEZ SUA PARTE ... QUE TEMOS QUE NOS UNIR, QUE TEMOS ISTO , QUE A SOLUÇÃO É AQUELA. INFELIZMENTE O LEITE DERRAMOU , E COMO SEMPRE NO FOGÃO DE QUEM ??? DO POBRE COITADO DO TRABALHADOR, QUE TERÁ QUE DIZER AOS SEUS FILHO QUE NÃO VAI DAR PARA O PRESENTE PROMETIDO. PARA O PAI DE FAMÍLIA QUE NÃO VAI PODER COLOCAR A MESA NA CEIA DE NATAL O TÃO DESEJADO CARDÁPIO. E ELES OS DEPUTADOS, OS VICES ,OS VEREADORES, OS MINISTROS, ELES IRÃO CHAMAR ESTES QUE HOJE ESTÃO DESEMPREGADOS PARA CEIAREM A SUA MESA, SERÁ QUE ESTES QUE HOJE SE DIZEM TRISTES , MAIS SABIAM QUE ISTO IRIA ACONTECER VÃO DIVIDIR AO MENOS O SONHO DE FILHOS DE TRABALHADORES DESEMPREGADOS O CALOR DA NOITE DE NATAL PODEREM SORRIR COM O TÃO ESPERADO BRINQUEDINHO ???? TÁ NA HORA DE ACORDAR, TÁ HORA DE ENTENDER, PRECISAMOS DE GENTE QUE BRIGUE PELA GENTE, QUE LUTE PELA GENTE, FOI ESTA A PROPOSTA DOS DEPUTADOS QUANDO ELEITOS, ELES DIZIAM ASSIM: _LÁ EM BRASILIA SEREMOS SUAS VOZES , SEUS CLAMORES!!! OS VEREADORES DIZIAM : _POR MAIS EMPREGOS, LUTAREMOS POR UMA CIDADE MELHOR. E OS CANDIDATOS A PREFEITOS , ESTES ENTÃO !!! _NEM DIZIAM QUE IRIAM , JÁ ERAM . A MUDANÇA NÃO TEM QUE SER LÁ, TEM QUE SER AQUI, NA GENTE, COM A NOSSA INDIGNAÇÃO , MAS ACIMA DE TUDO COM O REPUDIO DE CAIRMOS NAS LOROTAS DESMERECIDAS . TÔ SERIAMENTE PENSANDO; JÁ QUE NÃO DEU PARA MUDAR O BRASIL ATÉ AGORA, VOU PARAR E VOU MUDAR A MINHA AÇÃO. CHEGA DE POLITICAGEM MENTIROSA , ENGANADORA QUE PARA SE FAZER ELEITA PASSA PELO CRIVO DE UMA VERDADEIRA AÇÃO DE APOSTA , ONDE OS INVESTIDORES SÃO VERDADE AGIOTAS , QUE QUEREM SEUS INVESTIMENTOS DEZ VEZES MAIS. NO MAIS ESPEREM EM SUAS CASAS, POIS COM CERTEZA ESTARÃO RECEBENDO EM SUAS CASAS CARTINHAS COM PALAVRAS MARAVILHOSAS, MANIFESTANDO DOR , A TRISTEZA A INDIGNAÇÃO PELO DESEMPREGO DE MILHARES, MAS NÃO ESPEREM NENHUM VALE PERU , OU VELE PERNIL... POR QUE ISTO , NÃO FAZ PARTE DA SUA CEIA. FELIZ NATAL E UM 2016 DE MUITA REFLEXÃO, POIS SERÁ MAIS UM ANO PARA VOCÊ TENTAR MUDAR.

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

CON$ELHEIRO OU CONSELHEIRO TUTELAR ?!?!?!?!

Hoje ao acordar o que mais se noticiava era as eleições para conselheiro Tutelar, e ai me veio a pergunta: Porque tanto interesse assim neste tão famigerado cargo, afim de despertar a cobiça de PASTORES, ADVOGADOS , ASSESSORES POLÍTICOS E OUTRAS PESSOAS QUE NUNCA TIVERAM O PERFIL PARA TAL FUNÇÃO. A mobilização de um batalhão de boca de urnas, porque movimentam partidos políticos, gabinetes políticos ? Porque será que um cargo de conselheiro tutelar desperta tanto interesse assim ?? Seria realmente a disputa por este cargo um TREINAMENTO ELEITORAL ??? São por situações como esta que não podemos reclamar depois, pois o fiasco das eleições passam por nossos crivos e deveras aprovado por nós, pois a descabida eleição é popular. O que temos que nos atentar é o caso de tanta movimentação, e é nesta movimentação que perceberemos que se incluem pastores que deixam de se dedicar a palavra para obterem êxitos próprios , tem advogados que com certeza se remunerariam coim muitos mais volume de valores e com a condicional de sua própria função estarem desempenhando um belo papel em prol do estatuto da criança e adolescente . Tem também comerciantes , metalúrgicos que desempenham seus trabalhos , ou seja empregados e com remuneração. Pois dai eu digo , também tem aqueles que se dedicam a esta causa a muito tempo, inclusive já travando excelentes projetos sociais, tudo bem exceção, mas é uma minoria. Só temos uma ressalva a fazer , fiquem de olho , pois uma boa parte destes que hoje se despuseram a ser candidatos e até mesmo os que se elegeram ESTARÃO AI EM 2016, DEBAIXO DE NOSSOS NARIZES , FAZENDO CAMPANHA PARA ALGUM CARGO , SÓ QUE DESTA VEZ MAIOR E MAIS GANANCIOSO , então desta forma se atentem , pois de verdade mesmo a se dedicarem para o futuro de nossas crianças, são poucos.

sexta-feira, 29 de maio de 2015

RELÓGIO DE PONTO BIOMÉTRICO NA SAÚDE , FIM DA FARRA DOS ENGANADORES.

MAIS UMA VEZ ESTOU DANDO UMA HUMILDE SUGESTÃO : Mais uma vez eu deixo aqui minha humilde sugestão: Querem realmente começar a moralizar a saúde , comecem implantando relógios de ponto digital em cada unidade de saúde ... Vão ver como na verdade tem muita gente, e o que falta é a presença e principalmente fiscalização sobre eles . Eu sou a favor de que haja rigor na verificação de presença nos hospitais, na UPA,no SAMU,nos postos de saúde e na própria sede da FUSAR. Tem profissionais ( médicos e enfermeiros ) que trabalham lotados no Rio , Niterói, Itaguai e até Campos além de particulares em Angra, como pode um profissional ficar mais de 72 horas acordado, como pode um profissional ocupar 3 lugares ao mesmo tempo , ou se deslocar com tanta rapidez , nem a lei da física explica. É preciso rigor , é preciso punir aqueles que são gananciosos , aqueles que não tem responsabilidade com o seu semelhante e muito menos com a suas atribuições. Poucos são os profissionais que respeitam suas atuações e cumprem com determinação seus horários A maioria destes profissionais são gananciosos, desumanos e deixaram de lado a ética a paixão profissional, fazem do sofrimento alheio a mais horrível fonte de captação financeiras. Acabaram os médicos que diagnosticavam de verdade, aqueles que mesmo pelo antigo INPS atendiam os mais necessitados no leito , me lembro do Dr. Heraldo(saudoso) Erico Fonseca e Abel Moschen, quantos atendiam e mesmo sem os recursos tecnológicos de hoje salvaram muitas vidas em nossa cidade. Não adianta somente o poder público , é preciso ter alma de médico , ter alma de quem quer salvar vidas , é preciso trabalhar primeiro pelas vidas de quem sofre e depois sim pensar na remuneração , pois tenho certeza que a VIDA HUMANA, esta sim seja o maior valor , a maior riqueza a ser conquistada , resgatada . Não temos que ter medo dos médicos , temos que ter respeito por eles , aliais respeito devemos ter com todos e o mesmo eles deveriam ter conosco.

segunda-feira, 18 de maio de 2015

O futuro à Deus pertence...

Todas sabem que gosto de conversar sobre politica e muitos também sabem de um grande desejo meu quanto ao futuro de Angra dos Reis, pois bem , como de costume aos sábados faço minha costumeira ida ao centro da cidade, por vezes fazer compras e por outras voltas me inteirar dos últimos acontecimentos ocorridos, pois como trabalho de segunda a sexta no Rio fico sabendo de muitas coisas,mas quase sempre superficial. Nestas minhas voltas sempre sou indagado se irei me candidatar ou não a algum cargo eletivo, me resumo a responder que a Deus peço orientação sobre o meu futuro e N'Ele aguardarei, Mas me assusta um fato, todas as vezes que me abordam , muitos críticos que se "acham" formadores de opinião me perguntam . Quem irá bancar sua campanha ou como conseguirei recursos ??? Ninguém pergunta quais são as propostas. Incrível mais em Angra só pensam em fazer campanha com dinheiro , só pensam em faturar, só pensam em ganhar ... Meu Deus !!!! Nem sei qual o meu futuro, mas muito triste eu fico quando vejo os lideres partidários colocarem suas cifras em campanhas milionárias , referenciarem que somente com apoios faraônicas se consegue uma eleição. Não sei nem se estarei vivo amanhã, mas gostaria muito que as reformas acontecessem urgentemente,mas não são as reformas políticas , e sim as reformas de pensamentos, de ideias e principalmente de caráter. Não da para uma cidade como a nossa continuar nesta situação que da pena, é preciso acreditar que não exista obrigação de participar de esquemas, precisamos ter coragem e dignidade, ou criamos vergonha na cara ou nos entregaremos de vez. São dezenas de críticos aqui na internet ou em outros meios de comunicação que detalham os momentos, mas são ´poucos os que fazem comentários independentes, uma grande maioria, os quais são mantidos por políticos, e bem pagos como são , realizam campanhas de difamação de alguns e exaltação a outros. Me perdoem mas eu não preciso de uma corja ao meu lado, eu preciso de homens e mulheres do bem ,eu prefiro abrir mãos de pseudos colaboradores e até mesmo deixar de lado uma participação mais inteirada na politica do que me expor ao conluio, a corrupção e a imoralidade. E finalizo dizendo ,neste momento não sou pré candidato a nada, e me dedico ao meu trabalho e a minha família,e quanto ao futuro , esperemos por ele. Estarei orando pedindo sabedoria e discernimento ao meu DEUS, e assim " Eu, porém, olharei para o Senhor; esperarei no Deus da minha salvação; o meu Deus me ouvirá". Abraços a todos Adenilson Vidal

segunda-feira, 20 de abril de 2015

SAÚDE PODE MELHORAR SIM , BASTA COMEÇAR A FISCALIZAR .

Quer começar a moralizar a saúde , comece implantando um relógio de ponto digital em cada unidade de saúde ... Vão ver como na verdade tem muita gente, e o que falta é a presença . Eu sou a favor de que haja rigor na verificação de presença nos hospitais, UPA, SAMU, postos de saúde e na própria sede da FUSAR. Tem profissional ( médicos e enfermeiros ) que trabalham lotados no Rio , Niteroi e Angra, como pode um profissional ficar mais de 72 horas acordado, como pode um profissional ocupar 3 lugares ao mesmo tempo , ou se deslocar com tanta rapidez , nem a lei da física explica. É preciso rigor , é preciso punir aqueles que são gananciosos , aqueles que não tem responsabilidade com o seu semelhante e muito menos com a sua responsabilidade .